Começando um ecommerce

As lojas virtuais são uma realidade crescente no meio digital, fato, todo dia ouvimos falar sobre isso, mas como realmente um ecommerce funciona do lado do desenvolvimento de software e como é a experiência do usuário do outro lado da internet? São assuntos bem interessantes de entender antes de começar a vender pela internet para seus clientes ou parceiros.

Faturamento poderia ser a palavra de escolha para analisar os resultados de uma loja virtual em um primeiro momento, mas quando você decide realizar negócios pela internet alguns fatores devem ser estudados antes. Qual tipo de negócio você pretende vender online? Com o tempo cheguei à conclusão de que há uma grande diferença entre negócios virtuais, ou seja, que você não precisa entregar como download de programas, arquivos, músicas, filmes ebooks e negócios reais, ou simplificando, aqueles que você precisa entregar como roupas, sapatos, jóias, brinquedos.

Negócios online

Com os dois modelos de negócios online, o produto virtual e o produto físico, nomes que utilizei para trazer esta explicação para este tema, algumas informações servem para os dois casos.

Planejamento

O segmentação do mercado é o primeiro passo para definir antes de comercializar online. O universo do ecommerce é grande e muito competitivo para atirar para qualquer lado e ver se acerta alguma coisa, então estude primeiro a plataforma de loja que você vai desenvolver e qual tipo de público você pretende atender seu produto.

Negócios online – Categoria Produtos Virtuais

Um produto virtual como nos exemplos acima são aqueles em que não necessitam de uma entrega física, mesmo assim, pode ser tratado como entrega, todo produto que sair do carrinho de compras e teve seu valor pago deve ser entregue. Vamos trabalhar com o exemplo de um download de programa ou software. Para uma loja online de programas a primeira coisa que é preciso pensar são nas licenças de uso do software. Se você for revender um programa de uma empresa grande ou de médio porte fique atento às licenças de comercialização deste programa. Evite investir em uma loja virtual para vender estes produtos se não tiver certeza se pode ou terá autorização para isso. A restrição de uso por licença é a única e melhor maneira de proteger os direitos autorais das empresas ou pessoas que desenvolveram. Se o software for desenvolvido por você, esta parte da licença está resolvida. Há também opções de utilizar softwares ou aplicativos grátis em alguns casos, mas leia os termos de uso para revender antes de começar os negócios

Negócios Online – Categoria Produtos Físicos

Os produtos físicos representam uma fatia diferente de mercado dos produtos virtuais. Começou com itens eletrônicos no início da internet e foi conquistando outros segmentos e hoje é possível encontrar de tudo, ou quase tudo, para vender pela internet. A loja virtual de produtos reais tem um ponto chave para gerar bons resultados; a logística. Após ser feito o estudo de segmento e o público-alvo para desenvolver a loja o fator logístico opera como em uma loja real. Comprar o produto a preço competitivo, disponibilizar em seu site, gerenciar o estoque, fechar o pedido e fazer a entrega são os pontos principais que devem ser estudados antes de desenvolver um ecommerce. Outro diferencial para este serviço é o atendimento ao cliente, tanto antes da venda como depois. Uma boa política de troca com certeza vai garantir melhores resultados para a imagem de seu produto. Ações em redes sociais são ótimas para prover o engajamento e a fidelidade de seus clientes, além de construir uma identidade única que vai garantir vendas por muitos anos para seu negócio.

Adicione seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.