A internet das coisas

A Internet está bem diferente do que conhecemos há alguns anos atrás. Quando chegou no final dos anos 70 tinha o objetivo militar e científico de conectar grandes computadores compartilhando pesquisas científicas e estratégias de guerra, gerando informações muitas vezes secretas que faziam a diferneça em um combate. Sua evolução foi exponencial, conectando universidades e pessoas permitindo que o meio acadêmico expandisse seu conhecimento globalmente.

Após atingir o mundo a internet passou por um perídodo de turbulência nos final dos anos 90, com a bolha das empresas de Tecnologia. Yahoo era um dos protagonistas onde seu valor de mercado ultrapassava empresas gigantes do petróleo, o que não era permitido até então por uma economia gerenciada por pessoas que não via a internet como algo bom. Grandes setores da economia fizeram com que o Vale do sSlício sentisse o efeito e em 2000 a bolha explodiu, muitas empresas fecharam mas uma coisa muito interessante aconteceu, milhares de pequenas e novas empresas surgiram deste “barulho” que aconteceu, revolucionando o mercado conectado.

Após a poeira da bolha da web ter baixado, novas startups do Vale do Silício surgiram para o mundo mostrando que a internet não veio de passagem, veio pra ficar e se tornar parte da evolução da sociedade como à conhecemos. Neste meio duas gigantes tem um destaque especial, o Google que revolucionou a industria com seu buscador e o Facebook fundado em 2004 por estudantes de Harvard e que mudou a forma como conhecemos, interagimos, conhecemos nos relacionamos com pessoas parentes e amigos. É a internet social mudando as gerações que por transição como os não nascidos na era digital, como os que nasceram conectados. A internet se tornando parte das vida das pessoas

A evolução continua e os negócios começaram a se tornar digitais. O ecommerce da Amazon.com, Ebay e a grande adaptação da web no maior país do mundo a China, fazendo do fundado do Alibaba Jack Ma, um dos homens mais ricos do mundo, mostrou que fazer negócios online dão certo. Comprar, vender e entregar fica cada vez mais rápido tornando a logística fundamental para a eficácia e satisfação do cliente do outro lado da “linha”.

E enquanto o mercado norte-americano passava pela segunda grande recessão de sua história em 2008, mais uma empresa do Vale do Silício apresentava uma tecnologia jamais vista e que poucos imaginavam que seria fundamental para conduzir mais uma vez a internet para seu passo evolucionário, o Iphone da Apple. Fácil de usar, de bolso, alienando a praticidade de um celular com a inteligência de um computador e com a conexão através de operadoras telefônicas, os dispositivos móveis estão na mão da maioria das pessoas mundo a fora.

Em meio a todo este contexto que a internet tem se transformado, a tecnologia móvel esta em um novo processo evolutivo, que passa de conexão pessoa a pessoa para máquina a máquina, termo conhecido como Internet das Coisas (IoT). Neste ponto a internet que começou com máquinas entre máquinas em seu início, agora volta a suas origens como uma mudança inimáginável, permitindo que equipamentos e dispositivos se comuniquem entre si atraveś de sensores, para trazer soluções para nosso dia a dia. Economia de energia, casas e carros, inteligentes, controle de tráfego, temperatura residencial, previsão de catástrofes e milhares de novas oportunidades de negócios chegam com a Internet das Coisas posicionando a internet em um ponto onde se tornará imperceptível mas imprescindível à todos

Adicione seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.